Portuguese English Italian Spanish

Icon testemunhos

icon publica

ICON IMC90

Icons left ANUARIO

Saudação do Bispo Eleito de Tete
Diamantino

Bispo eleito de Tete dirige Saudação aos dicocesanos

 

MENSAGEM AO POVO DE DEUS DA DIOCESE E TETE
Gaudium et Spes – Alegria e Esperança


Saúde, paz e benção em Jesus Cristo Nosso Senhor e Salvador são os votos tradicionais e cristãos que a todos deseja o novo Pastor, eleito, da Igreja de Tete.
1 - Neste dia em que me apresento a vós, caros diocesanos, a primeira palavra não pode deixar de ser de comunhão. Comunhão com o povo da nossa Província Eclesiástica da Beira que vive uma situação de sofrimento e angústia após a passagem do ciclone IDAI e as cheias subsequentes. Comunhão com  todos os que sofreram os efeitos da calamidade que se abateu sobre as províncias de Sofala, Chimoio e nalgumas zonas da província de Tete e da província da Zambézia. Muitos ficaram sem os seus entes queridos, sem casa e sem bens.
O momento que atravessamos convoca-nos à união, à oração e à acção.
2- Quero partilhar também dois sentimentos que experimento hoje. Humidade e confiança.
Humildade por me sentir pequeno perante a enorme tarefa que me espera – agora agravada com as feridas abertas nos últimos dias -  e também pelo receio de desmerecer a confiança e a expectativa em mim depositadas.
Mas, a graça de Deus depositou em mim também a “confiança”. Confiança  por ir trabalhar convosco no anúncio do Evangelho nas terras de Tete, uma das primeiras regiões de Moçambique onde chegaram os arautos do Evangelho. Confiança que reside na certeza de que quem trabalha por Deus e se deixa inspirar por Ele não se atemoriza com as dificuldades, pois Ele as saberá converter em caminhos de esperança. Caminhos que nos reúnem e nos conduzem a Ele.
3 . Dirijo a todos e a cada um dos habitantes da vasta Diocese de Tete a minha saudação  cordial.
- Saúdo o clero diocesano, os missionários e missionárias de todas as congregações, os seminaristas, os catequistas e leigos empenhados no trabalho de evangelização e promoção humana nas paróquias, as comunidades cristãs, as escolas e as outras obras sociais.
- Dirijo também a minha saudação amiga, juntamente com a minha bênção pastoral, a todos os fiéis da Diocese de Tete, batizados e catecúmenos.
- Saúdo igualmente e com profunda sinceridade os irmãos de outras igrejas e os fiéis de todas as confissões religiosas presentes na Província de Tete. A todos ofereço, com as saudações de um novo vizinho que chega, a minha leal amizade.
- Saúdo, agora as Exmas. autoridades que representam todos aqueles que acabei de referir. O Exmo. Governador da Província, as autoridades administrativas e as autoridades comunitárias. Dirijo a todos as minhas respeitosas saudações, com a certeza antecipada de sincera amizade e mútua colaboração.
Para todos os meus votos de abundantes bençãos de Deus .
4 - Nem eu nem vós prevíamos que viríamos a encontrar-nos e a trabalhar juntos. Se foi para vós surpresa a escolha do novo Bispo de Tete, também o foi para mim. São os desígnios da Providência que, juntos, iremos encarar com alegria e esperança.
Desejais naturalmente saber quem é este vosso irmão na fé, que muitos ainda não conhecem certamente e que também é o vosso Pastor.
O meu nome completo é: Diamantino Guapo Antunes. Nasci há 52 anos numa aldeia próxima de Fátima, em Portugal, no seio de uma família simples e pobre, mas rica em fé e união. Muito jovem, entrei no seminário dos Missionários da Consolata em Fátima. Depois de concluído o curso teológico em 1992, pedi para ser enviado como missionário para Moçambique. Trabalhei na diocese de Lichinga, na paróquia de Cuamba, entre 1992 e 1994, onde fui ordenado diácono e me preparei para a ordenação sacerdotal, que recebi em Fátima no dia 30 de Julho de 1994 - foi já há 25 anos -. Regressei a Moçambique como sacerdote-missionário em 1999. Trabalhei na diocese de Lichinga, nas paróquias de Mepanhira, Mecanhelas e Entre-Lagos, no sul do Niassa, na fronteira com o vizinho Malawi. Em 2006 comecei a trabalhar na diocese de Inhambane, primeiro na Paróquia de Nova Mambone, junto ao rio Save, e depois na paróquia e no Centro Catequético de Guiúa, próximo de Inhambane. Em 2014, fui designado Superior Regional dos Missionários da Consolata em Moçambique, tarefa que desempenhei até hoje.
5 - Preparo-me agora para seguir para junto de vós com o propósito de servir. Assim Deus me ajude contando com a colaboração, o apoio e, se assim o concederdes, a amizade de todos vós.
Confiado em Deus e na protecção da Nossa Mãe do Céu e de São Tiago, Patrono da Diocese de Tete, despeço-me com amizade.
Rezai por mim
Continuação de uma fecunda Quaresma.
Votos de uma Santa Páscoa
Guiúa, 22 de Março de 2019


Padre Diamantino Antunes IMC
Bispo eleito de Tete