Portuguese English Italian Spanish

Icon testemunhos

icon publica

ICON IMC90

Icons left ANUARIO

Missionário da Consolata nomeado Bispo da Diocese de Tete

Dimas2O Papa Francisco nomeou esta sexta-feira, dia 22 de março, o missionário da Consolata, padre Diamantino Guapo Antunes bispo da diocese de Tete,  em Moçambique.


De acordo com a sala de imprensa da Santa Sé o superior regional dos Missionários da Consolata em Moçambique e Angola, foi nomeado Bispo da Diocese de Tete.

https://www.vaticannews.va/pt.html

Missionário da Consolata português, o padre Diamantino Antunes nasceu em Albergaria dos Doze - Leiria, a 30 de Novembro de 1966. Entrou no Instituto Missões Consolata em 1978 e emitiu a primeira profissão a 20 de Agosto de 1989.

Depois de completar os estudos de Teologia em Roma foi destinado a Moçambique para fazer o estágio pastora na paróquia de Cuamba - diocese de Lichinga, onde chegou em Outubro de 1992 .

Foi ordenado sacerdote, em 30 de Julho de 1994 e depois enviado para Roma para continuar os estudos tendo concluido o doutoramento em Teologia Dogmática na Universidade Gregoriana em Maio de 1999

Regressou a Moçambique em Novembro de 1999 tendo sido destinado ao Niassa.

Foi Pároco de Mepanhira entre 1999 e 2002; de Mecanhelas entre 2000 e 2005 e de Entre-Lagos entre 2002 e 2005.

Em Dezembro de 2005 foi transferido para a diocese de Inhambane . Nesta região esteve oito anos. Foi nomeado pároco de Nova Mambone a 6 de Fevereiro de 2006 e a 4 de Maio de 2007 foi nomeado Director do Centro Catequético do Guiúa, Pároco da Paróquia de Santa Isabel de Guiúa e Vigário Pastoral da Diocese de Inhambane.

A  8 de Julho de 2014 foi  eleito superior regional dos Missionários da Consolata em Moçambique, cargo que exerceu até hoje. O novo bispo de Tete é ainda o postulador da Causa de Beatificação da Serva de Deus Luísa Mafo e Companheiros, catequistas mártires de Guiúa.

Homem de fé, trabalho e generosidade é-lhe agora confiada a responsabilidade pastoral da diocese de Tete.

Continuar...
 
Cheias Devastam centro de Moçambique

Cheias Moçambique2Província da Beira profundamente atingida pelo ciclone IDAI

Um elevado número de pessoas está em situação desesperada e a lutar para sobreviver. As próximas horas serão críticas para aqueles que esperam ser resgatados em cima de árvores, 

O PAM, que coordena o trabalho das Nações Unidas no terreno, está a usar meios aéreos para levar ajuda humanitária aos moçambicanos presos pelas águas, lançando desde o céu alimentos, água potável e cobertores para que as pessoas possam aguentar mais algum tempo até à chegada das equipas de emergência que tentam resgatar os sobreviventes numa corrida contra o tempo.que devido á subida das águas se transformaram em ilhas.de telhados, ou morros 

São necessários barcos, helicópteros, tendas, água e alimentos para socorrer as populações em perigo, 
Na sede do distrito de Búzi, cerca de dez mil pessoas, incluindo crianças, estão cercadas, enquanto as águas continuam a subir. As previsões do Instituto Nacional de Meteorologia de Moçambique apontam para que as chuvas continuem a cair com grande intensidade até quinta-feira.
Búzi é neste momento o ponto mais crítico, tendo em conta que há possibilidade do rio Save também vir a transbordar, dificultando o trabalho das equipas de resgate do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (com ajuda de forças da África do Sul) e das organizações não-governamentais que estão no terreno.

A estrada Nacional nº 6, que liga a beira ao resto do país, está partida em vários segmentos impedindo o acesso por terro da ajuda humanitária, bem como a circulação de bens. Todo o país será afectado pelos graves danos ocorridos e consequências que se lhe seguirão

Continuar...
 
Maúa: Conclusão dos trabalhos do Centro de Promoção Integral


RESIDENCIA DA MISSÃO REABILITADA

Catequistado Diocesano de Lichinga - Centro de Promoção Integral - situado na Missão de Maúa, está pronto para iniciar actividades formativas.

Após 2 anos de discernimento (2015-2016) e dois anos de trabalho de construção e reabilitação (2107-2018) o novo centro formativo de catequistas de Moçambique abre portas.
O trabalho de reconstrução e construlção foi efectuado pelo leigo da Consolata, Tito Abrão e a sua equipa de pedreiros e serralheiros. Foi um trabalho paciente realizado com competência e paixão, admirado por todos os que visitam a Missão do Sagrado Coração de Jesus, no sopé do monte Mukopo.
O Centro de Promoção Humana Integral de Maúa (CPHI) foi criado oficialmente em 14 de Julho de 2016 por provisão do Bispo de Lichinga, Dom Atanásio Canira. É uma instituição da diocese de Lichinga, sob a responsabilidade da Equipa Missionária da Paróquia de São Lucas de Maúa, Missionários da Consolata e Missionárias da Consolata. O seu fim é a formação e promoção integral da pessoa humana. Neste espaço realizar-se-ão diferentes actividades formativas: cursos, encontros, assembleias, retiros, etc.
O objectivo do Centro d é a formação integral da pessoa através da formação espiritual, religiosa, humana e cultural. Assim, os catequistas, animadores e restantes agentes de pastoral poderão ser cidadãos e cristãos formados, capazes de orientar a comunidade cristã local e ser agentes de formação a nível local.

Continuar...
 
Escola Consolata Iniciou Ano Lectivo 2019

No dia 5 de Fevereiro de 2019 arrancaram as aulas na Escola Consolata.

Este ano  matricularam-se 125 alunos,  sendoAula 36 alunos na 8ªclasse, 40 alunos na 9ªclasse, 26 alunos da 10ªclasse e 23 alunos na 11ªclasse.
Os 125 alunos são assistidos por 17 professores 
A Escola Consolata, no processo de admissão de alunos, faz uma entrevista aos candidatos de modo a perceber o nível de preparação académica bem como o meio familiar e social em que está inserido. É também feita uma entrevista ao encarregado de educação para um melhor acompanhamento  da escola com este e consequente articulação com o aluno. O diálogo com os pais e encarregados de educação é constante. Este é já o quarto ano das actividades da  Escola Consolata.

Continuar...
 
Seminário da Consolata da Matola-Maputo: Início do Ano formativo

IMG 20190302 WA0005No início do mês de Fevereiro teve início o novo ano formativo no Seminário de Nossa Senhora da Consolata.

São 24 seminaristas: 8 alunos do Propedêutico e 16 de Filosofia: 8 no 1º ano; 4 no 2º ano e 4 no 3º ano..
Os seminaristas que ingressaram no Ano Propedêutico são: Alex Melinho Mário, da Paróquia de Nzinge-Niassa; Armando Moisés
Nhassengo, da Paróquia de Metarica-Niassa, Carlos Alberto Luculaca Moisés Nhassengo, da Paróquia de Muvamba-Inhambane, Dionísio Aspirante Adão, da Paróquia de Kapalanga-Angola, Francisco Lucas João, da Paróquia de Malema-Nampula, José Wanderlay Alkaim Braga, da Paróquia de Kapalanga-Angola, Lúcio José Tiago, da Paróquia de Lifidzi-Tete, Luís Abel Bonifácio, da Paróquia de Vila Ulónguè - Tete e Martins Felisberto Muchiua, da Paróquia de Maúa-Niassa. O formador é o Padre André Kasumba.

Depois do retiro inicial, a comunidade formativa elaborou o Projecto Comunitário de Vida Anual.

No dia 16 de Fevereiro, no contexto da celebração litúrgica, 0s 4 seminaristas do 3º ano de Filosofia ingressaram no postulantado.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL